carta
Indique a um amigo!
a a
abstnd
abstnd
abstnd abstnd abstnd
abstnd abstnd
abstnd
a1
abstnd
abstnd a2 abstnd
abstnd abstnd abstnd
abstnd abstnd
abstnd
abstnd
abstnd
abstnd
abstnd
abstnd
abstnd
abstnd
abstnd
tempo
abstnd
Destaques
abstnd
Ajude aos povos indígenas e assine a Petição do Raoni
contra o projeto Belo Monte!
aa
raoni a
«Há dez anos, vim para explicar-vos da minha preocupação frente
à destruição da Floresta Amazônica. Eu falei do fogo, do sol escaldante,
dos ventos que soprariam se o homem continuar a destruir a floresta.
a
Vocês me ajudaram a me deram os meios de demarcar nossas terras
ancestrais. É fato: é um território imenso, cheio de animais para caçar,
de flores e frutos. É a mais bela floresta. Antes de tudo, a todos que
nos deram dinheiro ou ajuda, eu digo, em nome do povo Kayapo...
obrigado... nambikwa... meikumbre. Estou de volta, hoje, porque minha
preocupação voltou. Eu aprendi que vocês também estão inquietos.
Os grandes ventos vieram e destruíram sua floresta. Vocês conheceram
o medo que nós conhecemos.
a
Eu lhes digo, se o homem continuar a destruir a terra, os ventos voltarão
com mais força... não somente uma vez... mas várias vezes... cedo ou
tarde. Esses ventos vão nos destruir.
a
Respiramos todos um só ar, bebemos todos a mesma água, vivemos
todos em uma só Terra. Nós devemos protegê-la.
a
Aqui, a invasão recomeçou. Os madeireiros e os mineiros a procura de
ouro não respeitam a reserva. Nós não temos os meios de proteger essa
imensa floresta a qual somos guardiões por todos.
a
Eu preciso do vosso apoio. E peço antes que seja tarde. Obrigado».
aMensagem de Raoni.
a
Assine a petição:
http://www.raoni.com/assinatura-peticao-contra-belo-monte.php
abstnd
Tendência preocupante de aumento no desmatamento na Amazônia
aa
desmatamento
a
Área desmatada ao longo da BR-163,
na região de Santarém (MT).
© Karla Gachet/Panos, Greenpeace.
a
O desmatamento na Amazônia voltou a subir no último ano e mais
pode vir dentro de alguns anos, a não ser que políticas que aumentem
a governança na região sejam colocadas em pé agora. Essa é a
verdade inconveniente por trás do anúncio feito hoje pelo Ibama,
em sua sede em Brasília, dos dados do Deter para o período agosto
de 2012 a julho de 2013.
a
Neste período, foram detectados 2.765 quilômetros quadrados de
desmatamento na Amazônia - 35% mais do que entre agosto de 2011
e julho de 2012. A maior área afetada foi registrada em Mato Grosso
(1.184 quilômetros quadrados), seguido do Pará (787 quilômetros
quadrados) e Rondônia (360 quilômetros quadrados).
a
–> Leia mais
a
Assine pelo Desmatamento Zero
a
Juntos podemos levar para o Congresso uma lei popular pelo fim
da destruicao das florestas.
a
–> Assine a petição
a
greenpeace
 

É
leer

mico1 mico2 mico3 mico4 mico5
mico6 abstandabstand